Confira 5 passos para contratar uma empreiteira para sua reforma.

  • 04 de maio de 2018, Reformas
MR Engenharia Blog

A empreiteira é responsável por fornecer a mão de obra para construção. Muitas delas são subcontratadas de construtoras. A contratação de uma empreitada para terceirizar as atividades, contribui para a redução de custos, mão de obra, além de ter a possibilidade de construção de várias obras ao mesmo tempo.

Para quem vai reformar ou construir, é necessário ficar atento algumas questões antes da contratação e execução dos serviços prestados, para que a empreitada aconteça de forma desejada.

Confira os seguintes passos:

  1. Pesquise sobre documentação e licenças

Um dos quesitos mais sério. Toda empresa deve ter uma série de documentos que dizem respeito a licenças de atividades, alvarás de funcionamento e registros que comprovem sua situação. Todos atendendo as normas de segurança. A fim de que mostrem sua capacidade de realizar os serviços indicados com situação regularizada de acordo com órgãos municipais e estaduais.

E o principal, Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) - Documento que identifica o responsável pela obra realizada. E para o caso de arquitetos o RRT - Registro de Responsabilidade Técnica sobre o profissional. Você pode checar a situação do empreiteiro junto à prefeitura, antes de fechar o contrato.

  1. Reputação e histórico

Analisar a situação da empreiteira dentro do mercado é primordial, além de saber quais obras já foram realizadas pelas mesmas. Bem como o período de atuação, clientes anteriores e fornecedores. Isso afasta o risco da contratação de um serviço de má qualidade e traz informações como cumprimento de prazos e comportamentos dos empreiteiros.

  1. Mão de obra

É responsabilidade de o empreiteiro contratar uma mão de obra especializada e qualificada. Ele pode ter sua própria equipe ou contratar de outras empresas profissionais especializados em cada área. Isso é muito relevante, pois garante a qualidade do serviço para sua construção.

  1. Contrato

O contrato é a parte mais importante do processo, nele contém todas as informações, para caso haja alguma eventualidade, há um registro assinado de ambas as partes. Confira o que deve conter:

- Todos os serviços prestados;

- Prazo de entrega;

- Valor da remuneração;

- Seguro de vida para acidentes trabalhistas;

- Forma de pagamento;

- Obrigações de contratado e contratante;

- Materiais e sistemas utilizados.

  1. Acompanhe de perto o processo

Depois de realizados os passos acima, garantindo a boa reputação e confiança no contratado é hora de ir atrás do alvará de construção. Caso seja feita fiscalização e não haja o documento, o contratante pode ser multado.

Esteja sempre acompanhado todo o processo da obra. Evolução, prazos, se está tudo acontecendo como planejado e além de tudo ao final, verificar se seu projeto foi atendido como combinado. Com atenção tudo estará garantido e será entregue como desejado.