Infiltração nas janelas

  • 29 de maio de 2018, Impermeabilização
MR Engenharia Blog

Infiltração nas janelas: 4 dicas para solucionar este problema muito comum.

 

Em edificações antigas e até mesmo em novas, não estamos livres das infiltrações. As chuvas são as principais causadoras deste malefício, já que a água costuma bater diretamente na parede e entrar pelos vão encontrados nas janelas. Além disso, a má instalação também pode acarretar problemas ligados à estrutura e se não tratada com antecedência, podem surgir maiores problemas.

A pingadeira é uma das partes mais importantes da estrutura da janela. Sua superfície é instalada na soleira da janela, é onde a água da chuva escoa. Ela deve ser colocada de forma que não permita que a água entre dentro do imóvel.

Com todos esses problemas, a parede está comprometida, desde desbotar e estufar a tinta perdendo sua cor e vivacidade, até a queda do reboque e aparecimento de mofo, que podem causar problemas respiratórios.
 

Separamos então 4 dicas importantes para esclarecer algumas dúvidas e para que você fique atento a problemas como este e saiba o que fazer.

 

  1. Infiltrações em condomínios

Uma duvida muito grande é em relação aos problemas de infiltrações ligados ao condomínio. Neste caso, geralmente a responsabilidade é do condomínio.       

Mas antes do sindico realizar a manutenção, é necessária a visita de uma empresa especializada para emitir um laudo, para avaliar e concluir o que está provocando as infiltrações.

Porém, de acordo com o Código Civil, não é necessário aguardar a iniciativa do Síndico para realizar pequenos reparos.

 

  1. Verificação da estrutura

Com o aparecimento da infiltração pode ser que a estrutura da edificação esteja comprometida, o pedreiro ou a empresa contratada para fazer o serviço, deve então verificar se existem falhas que dizem respeito à construção, antes de qualquer coisa. Pois, nem sempre as infiltrações são causadas por conta da chuva, ou má instalação da janela. Pode ser que haja um cano que produz o vazamento ou qualquer outro problema do tipo.

 

  1. Vedação Adequada

É preciso fazer a vedação adequada da janela. O material utilizado para este tipo de problema é um selante de silicone, que deve ser aplicado por uma empresa ou pessoa especializada. Garantindo assim a duração e eficiência da vedação.

E para o caso de pingadeira instalada de forma inadequada, é necessária, a substituição da peça, e só depois é feita a aplicação do selante impermeável em todas as frestas e cantos da janela.

A partir disso o profissional remove o material desgastado. Depois, aplica na janela bem seca, a argamassa e o selante de silicone para corrigir os pontos de infiltração e deixar sua janela impermeabilizada e livre da umidade.

 

  1. Checar a qualidade dos materiais e profissionais

Essa é uma etapa muito importante, porque a qualidade do produto é que vai determinar a durabilidade da vedação. Se os materiais forem de má procedência, é muito provável que os problemas tornem a aparecer e causem mais frustrações.

Além de que os profissionais contratados para fazer os reparos, tem que ser especializados e com ótimas referências, para evitar dores de cabeça.

Com essas dicas, sua casa ficará livre dos terríveis vazamentos. E sua família estará segura contra o mofo e qualquer propagação de fundo devido a infiltrações. E não se esqueça de consultar um especialista!